Guindaste

Guindaste

A locação de guindastes telescópicos é indicada para movimentação de equipamentos pesados, para montagem de máquinas de grande e pequeno porte. Seu uso é frequente na construção civil devido à logística diversificada de equipamentos que realiza e, por ser, uma alternativa econômica (baixo custo operacional e consumo de combustível favorável).

Locação de Guindaste Telescópico em São Vicente de Paula (Araruama)

Segundo o professor Marcel Jules Thieblot, os primeiros habitantes de Araruama foram os Índios Tupinambás. Eles chegaram à cidade atraídos pela abundância de sal e freqüentavam a localidade, hoje denominada Ponta do Anzol. Os índios Tupinambás não viam na extração de sal uma oportunidade comercial, se resumindo esta atividade apenas como subsistência para atender suas próprias carências. A história registra o ano de 1575 como o início da presença portuguesa. Nesta ocasião, Antônio de Salema chefiou uma expedição com a finalidade de expulsar ou dizimar os franceses e seus aliados, os índios Tamoios. Araruama foi uma localidade subordinada ao Município de Cabo Frio até 1852, quando passou à jurisdição de Saquarema. Uma lei de 06 de fevereiro de 1859 levou Araruama, mais precisamente a localidade de Mataruna, ao status de sede do Município de Saquarema. Em 1860 o Município já se encontrava instalado, tendo a primeira Câmara Municipal, que governou em caráter de interinidade. O novo Município estava subordinado às leis coloniais, as quais determinavam que o prédio da Câmara deveria ser erguido com o dinheiro da população beneficiada. O então vereador Carlos Sá de Carvalho, rico fazendeiro e produtor de aguardente, arcou com as despesas. Com a chegada dos primeiros Europeus, as salinas passaram a ser explorada comercialmente. A Coroa Portuguesa baixou uma lei garantindo para a Metrópole todo monopólio do comércio de sal, não apenas pelo aspecto financeiro, mas por temer que, se o mesmo fosse controlado por nativos, poderia se transformar em sementes de movimento emancipacionista. Houve então o sequestro de algumas salinas que poderiam prejudicar os interesses da Coroa Portuguesa. A Câmara Municipal mantinha a "Salina do Povo" com a finalidade de distribuir gratuitamente o sal para os nativos. A extração de sal foi de vital importância para o desenvolvimento de Araruama, tanto que no brasão heráldico do município figura um monte de sal cristalizado. Pelas cartas de Sesmarias, o primeiro proprietário de terras compreendidas no perímetro atual município de Araruama foi Manoel da Silva Risoado. Neste local, ele lançou fundamentos da futura fazenda de Parati e de uma serralheria que se desenvolveu e deu lucros graças à abundância de Pau-Brasil e de outras madeiras de lei.