Caminhão Munck

Caminhão Munck

A NILTON MACHADO LOCAÇÕES dispõe de diversos modelos de caminhão munck, com capacidades diferentes, atendendo desde empresas que precisam de deslocamento de carga pouco pesada, até as que necessitam de movimentação de grande capacidade para atuar em montagem industrial, construção civil e transbordo.

Locação de Caminhões Munck em Ataléia

Ataléia Minas Gerais - MG Histórico As primeiras notícias que se tem do povoamento do atual município, datam de 1928 quando chegava à região Vicente Pedroso dos Santos, vindo de Teófilo Otoni, fazendo as primeiras derrubadas e construindo sua habitação. Dois anos depois, chegaram outras famílias, entre elas José Juscelino, Altino Pedrosom, Antônio Lemos de Souza, João Machado, Marcelino Soares, Antônio Rodrigues e Salim Gazel. Posteriormente, Vicente Pedroso dos Santos doou uma área de três alqueires de terra para a instalação do comércio e a construção da Igreja. O garimpo foi a principal causa da ocupação do atual município, para lá atraindo grande número de pessoas. Ainda hoje, vêem-se espalhadas por todo município muitas lavras como do Avião, do Córrego Seco, terreiro de Pedra, Conja, Caianas e outras. Em 1928, era celebrada a primeira missa no povoado, tendo como padroeiro o Senhor Bom Jesus da Lapa. A origem do topônimo deve-se ao fato de o município ter sido ponto de observação e vigilância quando o então Governador do Estado de Minas Gerais Dr. Benedito Valadares Ribeiro, criou uma expedição com a finalidade de estudar a emancipação dos povoados fronteiros com o Estado de Espírito Santo. Foi o povoado denominado ?Ataléia?que significa ponto de observação, sendo mais tarde modificado para Ataléia para diferenciá-lo de duas outras cidades, já com o topônimo Ataléia. Gentílico: ataleiense Formação Administrativa Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Ataléia, pelo decreto lei nº 1058, de 31-12-1943, desmembrado do município de Itambacuri, com parte dos distrito de Fidelândia ex-São Fidélis e do distrito de Pescador ex-São Pedro. Sede No atual distrito de Ataléia ex-localidade. Constituído de 2 distritos: Ataléia e Fidelândia, ambos desmembrados de Itambacuri. Pela lei nº 1039, de 12-12-1953, é criado o distrito de Ouro Verde de Minas com terras desmembrado do distrito sede de Itambacuri. Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 3 distritos: Ataléia, Fidelândia e Ouro Verde de Minas. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960. Pela lei estadual nº 2764, de 30-12-1962, desmembra do município de Ataléia, o distrito de Ouro Verde de Minas. Elevado à categoria de município. Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 2 distritos: Ataléia e Fidelândia. Pela lei estadual nº 6769, de 13-05-1976, é criado o distrito de Novo Horizonte e anexado ao município de Ataléia. Em divisão territorial datada de 1-I-1979, o município é constituído de 3 distritos: Ataléia, Fidelândia e Novo Horizonte. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.