Caminhão Munck

Caminhão Munck

A NILTON MACHADO LOCAÇÕES dispõe de diversos modelos de caminhão munck, com capacidades diferentes, atendendo desde empresas que precisam de deslocamento de carga pouco pesada, até as que necessitam de movimentação de grande capacidade para atuar em montagem industrial, construção civil e transbordo.

Locação de Caminhões Munck em Araçuaí

AraçuaíMinas Gerais - MGHistórico As terras do atual município de Araçuaí, durante o século XVIII, estiveram ligadas à antiga Comarca do Serro Frio e depois ao município de Minas Novas.Já no século XIX, o padre Carlos Pereira de Moura havia fundado na confluência dos rios Araçuaí e Jequitinhonha a Aldeia do Pontal - local aprazível onde aportavam as canoas que permutavam mercadorias vindas da Bahia, como as daquela região de Minas. Onde há canoeiros, há mulheres, bebidas alcóolicas e muita farra. Isso o Padre Carlos não aceitava em sua aldeia, muito menos na futura cidade que planejava fundar, o que fez, então? Expulsou dali todas as meretrizes que, desorientadas emigraram rio Araçuaí acima, achando abrigo na Fazenda Boa Vista, de Luciana Teixeira. Essa boa senhora cedeu suas terras, à margem direita do Ribeirão Calhau e do rio Araçuaí, às emigrantes que se alojaram.Atraídos pelas mulheres, os canoeiros mudaram de porto e, no local desenvolveu-se um arraial, com o nome de Calhau, que deu origem à atual cidade de Araçuaí entre os anos de 1830 e 1840.Com o tempo o local foi ganhando importância. Foi elevado a categoria de sede de Distrito pela Lei Provincial de 13 de julho de 1857. A instalação sob a denominação de Vila de Arassuay deu-se em 1º de julho de 1871, para finalmente a 21 de setembro de 1871 ser elevada a categoria de cidade, por força da lei nº 1870, com o nome de Araçuaí. Tal nome é de origem indígena, e quer dizer Rio das Araras Grandes.Formação Administrativa Distrito criado com a denominação de Calhau, pela lei provincial nº 471, de 01-06-1850, e pela lei estadual nº 14-09-1891. Elevado à categoria de vila com a denominação de Arassuaí, pelas leis provinciais nºs 803, de 03-07-1857, 1612, de 19-12-1865 e 1673, de 20-09-1870, desmembrado de Minas Novas. Sede na povoação de Calhau. Constituído de 2 distritos: Arassuaí e Itinga, ambos desmembrados de Minas Novas. Instalado em 10-07-1871. Pela lei provincial nº 818, de 04-07-1857, e pela lei estadual nº 2, de 14-09-1891, é criado o distrito de Barra do Pontal e anexado a vila de Arassuaí. Elevado à condição de cidade com a denominação de Arassuaí, pela lei provincial nº 1780, de 21-09-1871.Pela lei provincial nº 2565, de 03-01-1880, e pela lei estadual nº 2, de 14-09-1891, são criados os distritos de Comercinho e São Pedro do Jequitinhonha e anexados ao município de Arassuaí. Pela lei provincial nº 3326, de 05-10-1885, o município de Arassuaí passou a chamar-se Calhau. Pela lei provincial nº 3442, de 28-09-1887, e pela lei estadual nº 2, de 14-09-1891, é criado o distrito de Santa Rita do Arassuaí e anexado ao município de Arassuaí. Pela lei provincial nº 3485, de 04-10-1887, o município de Calhau voltou a denominar-se Arassuaí. Pela lei estadual nº 2, de 14-09-1891, são criados os distritos de Bom Jesus do Lufa e São Domingos do Arassuaí e anexados ao município de Arassuaí. Pela lei estadual nº 556, de 30-08-1911, são criados os distritos de Caraí e São Roque e anexados ao município de Arassuaí. Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 10 distritos: Arassuaí, Barra do Pontal, Bom Jesus do Lufa, Caraí, Comercinho, Itinga, Santa Rita do Itinga (ex-Santa Rita do Arassuaí), São Domingos do Arassuaí, São Pedro do Jequitinhonha e São Roque.Pela lei estadual nº 843, de 07-09-1923, é criado o distrito de Gravatá (ex-povoado de São Bento), com terras desmembradas do distrito de Bom Jesus do Lufa e anexado ao município de Arassuaí. Sob a mesma lei, é criado o distrito de Itaporé (ex-povoado de Boa Vista do Jequitinhonha) com terras desmembradas do distrito de Bom Jesus do Pontal e anexado ao município de Arassuaí e Santa Rita do Arassuaí passou a denominar-se Itingui. Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 12 distritos: Arassuaí, Bom Jesus do Lufa, Bom Jesus do Pontal (ex-Barra do Pontal), Comercinho, Itaobim (ex-São Roque), Itaporé, Itinga, Itingui (ex-Santa Rita do Itinga), Gravatá, São José do Caraí, São Pedro do Jequitinhonha e São Domingos do Arassuaí. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1936.Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município é constituído de 12 distritos: Arassuaí, Bom Jesus do Pontal, Comercinho, Gravatá, Itaobim, Itaporé, Itinga, Lufa (ex-Bom Jesus do Lufa), Santa Rita do Arassuaí (ex-Itingui), Caraí (ex-São José Caraí), São Domingos do Arassuaí e São Pedro do Jequitinhonha. Pelo decreto-lei estadual nº 148, de 17-12-1938, é criado o distrito de Santana do Arassuí, com terras desmembradas do distrito de Itaobim e anexado ao município de Arassuaí o distrito de São Pedro de Jequitinhonha deixa de pertencer a Arassuaí para ser anexado ao município de Jequitinhonha. Pelo mesmo anterior são desmembrados do município de Arassuaí os distritos de Itaobim e Comercinho, para formar o novo município de Medina. e ainda, o distrito de Bom Jesus do Pontal tomou a denominação de Pontal.No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 9 distritos: Arassuaí, Caraí, Gravatá, Itaporé, Itinga, Lufa, Pontal (ex-Bom Jesus do Pontal), Santana do Arassuaí e São Domingos do Arassuaí.Pelo decreto-lei estadual nº 1058, de 31-12-1943, o distrito de Pontal passa a chamar-se Itira. Pelo mesmo decreto-lei desmembra do município de Arassuaí os distritos de Gravatá, Caraí e Lufa, para formar o novo município de Cruzeiro (ex-Gravatá). desmembrada do município de Arassuaí os distritos de Itinga e Santana do Arassuaí, para formar o novo município de Itinga. No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o município é constituído de 4 distritos: Arassuaí, Itaporé, (ex-pontal) e São Domingos do Arassuaí.Pela lei estadual nº 336, de 27-12-1948, desmembra do município de Arassuaí os distritos de São Domingos do Arassuaí e Itaporé, para formar o novo município de Virgem da Lapa. Pela mesma lei é criado o distrito de Engenheiro Schnoor e anexado no município de Arassuaí passando o mesmo a ser grafado Araçuaí. Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 3 distritos: Arassuaí Schnoor ex-Engenheiro Scnhoor e Itira. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.Alterações toponímicas distritaisCalhau para Arassuaí, alterado pela leis provinciais nºs 803, de 03-07-1857, 1612, de 19-12-1865 e 1673, de 20-09-1870.Arassuaí para Calhau, alterado pela lei provincial nº 3326, de 05-101885. Calhau para Arassuaí, alterado pela lei provincial 3485, de 04-10-1887. Ratificação de grafiaAraussuaí para Araçuaí, alterado pela lei estadual nº 336, de 27-12-1948.