Container

Containers

Desenvolvidos para atender diversos segmentos como: construção civil e produtoras de eventos culturais, a locação de containers transformados e adaptados, designa infraestrutura móvel para atender as necessidades do mercado, com a melhor relação custo-benefício, durante o período desejado.

  • Container Sanitário
  • Container Escritório
  • Container Almoxarifado
  • Container Dormitório

Container Locação em Nhandeara

Nhandeara-SPHistóricoO povoamento na região entre os Rios Tietê e São José dos Dourados iniciou-se por volta de 1890, quando os primeiros habitantes desbravaram as matas para implantação da agricultura e criação de gado. Joaquim Fernandes de Melo chegou à região em princípios de 1926, procedente de Bebedouro. Reunindo-se com vizinhos e amigos, resolveu fundar uma povoação, erguendo um cruzeiro e construindo uma capela em terreno doado por ele ao Patrimônio, ao qual deu o nome de São João do Paraíso, no dia 24 de junho de 1928. Joaquim Salviano, como também era conhecido Joaquim Fernandes de Melo, loteou a área em torno do cruzeiro e capela, atraindo novos moradores para o povoado, que logo se desenvolveu. A primitiva denominação passou a São João de Nhandeara e depois para Nhandeara simplesmente, que do tupi "nhandê-Yara", segundo Theodoro Sampaio, significa "Nosso Senhor" ou "Paraíso" mantendo-se assim o sentido dado pelos fundadores. Gentílico: NhandearenseFormação AdministrativaDistrito criado com a denominação de Nhandeara, por Decreto nº 7032, de 25 de março de 1935, no Município de Monte Aprazível. Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, Nhandeara é Distrito judiciário do Município de Monte Aprazível. No quadro anexo ao Decreto-lei Estadual nº 9073, de 31 de março de 1938, o Distrito de Nhandeara permanece no Município de Monte Aprazível, assim figurando no quadro fixado, pelo Decreto Estadual nº 9775, de 30 de novembro de 1938, para 1939-1943. Pelo Decreto Estadual nº 11055, de 24 de abril de 1940, foi criado no Distrito de Paz de Nhandeara uma 2ª zona Distrital, denominada Floreal (Ex-Vila Floresta); o Distrito de Nhandeara ficou assim composto de duas zonas, denominadas Nhandeara e Floreal. Elevado à categoria de Município com a denominação de Nhandeara, por Decreto-lei Estadual nº 14334, de 30 de novembro de 1944, desmembrado de Monte Aprazível, com Sede na vila do mesmo nome. Constituído de três Distritos: Nhandeara, Floreal e Magda. Sua instalação verificou-se no dia 01 de janeiro de 1945. No quadro fixado, pelo referido Decreto-lei nº 14334, para vigorar em 1945-1948, o Município de Nhandeara ficou composto dos seguintes Distritos: Nhandeara, Floreal e Magda, e pertence ao termo e comarca de Monte Aprazível e no fixado pela Lei nº 233, de 24-XII-1948, para 1949-1953, dos Distritos de Nhandeara, Brioso, Floreal e Magda, comarca de Monte Aprazível. Aparece no quadro fixado pela Lei nº 2456, de 31-XII-1953, para vigorar em 1954-1958, com os Distritos de Nhandeara e Floreal, comarca de Nhandeara, menos o Distrito de Brioso, elevado a Município com nome de Gastão Vidigal e Magda, elevado a Município. Lei Estadual nº 5285, de 18 de fevereiro de 1959, desmembra o Município de Nhandeara o Distrito de Floreal. Em divisão territorial datada de 01-VII-1960, o município é constituído Distrito Sede. Lei Estadual nº 8092, de 28 de fevereiro de 1964, cria o Distrito de Ida Iolanda e incorpora ao Município de Nhandeara. Em divisão territorial datada de 01-VI-1996, o município é constituído de dois Distritos: Nhandeara e Ida Iolanda. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15-VII-1999.