Container

Containers

Desenvolvidos para atender diversos segmentos como: construção civil e produtoras de eventos culturais, a locação de containers transformados e adaptados, designa infraestrutura móvel para atender as necessidades do mercado, com a melhor relação custo-benefício, durante o período desejado.

  • Container Sanitário
  • Container Escritório
  • Container Almoxarifado
  • Container Dormitório

Container Locação em Monte Alto

MONTE ALTO SÃO PAULO HISTÓRICO O fundador de Monte Alto, o Capitão cirurgião-mor do Império, Pórfiro Luiz de Alcantra Pimentel, também criador de Monte Aprazível, iniciou o empreendimento na segunda metade do século XIX, conforme conta a sua biografia, a partir de um sonho, no qual após grandes dificuldades, chegaria a uma região igual a que encontrou junto à nascente do rio Turvo e quase ao pé da elevação correspondente à ?serra de Jaboticabal?. Adquiriu aí quatro alqueires de terras para a formação de um patrimônio em louvor ao Senhor Bom Jesus de Pirapora, erguendo o cruzeiro e rezada a primeira missa em 15 de maio de 1881, fundou ?Bom Jesus de Pirapora de Monte Alto das Três Divisas?. Após a fundação, os moradores foram erguendo suas casas, tornando realidade o desejo do fundador de construir a ?Cidade do Sonho?, cognome pelo qual é conhecida atualmente Monte Alto. A cafeicultura foi inicialmente o principal fator de progresso e crescimento, levando à criação do Distrito de Paz em 1895, pertencendo a Joboticabal até 1928, quando foi elevado a Município. Com o Município, iniciou-se uma fase de industrialização que acelerou o desenvolvimento do centro urbano. GENTÍLICO: MONTE-ALTENSE FORMAÇÃO ADMINISTRATIVA Distrito criado com a denominação de Monte Alto, por Lei Estadual no 363, de 31 de agosto de 1895, no Município de Jaboticabal. Elevado à categoria de município com a denominação de Monte Alto, por Lei Estadual no 363, de 31 de agosto de 1895, desmembrado de Jaboticabal. Constituído do Distrito Sede. Sua instalação verificou­se no dia 08 de dezembro de 1896. Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o Município de Monte Alto se compõe de 4 Distritos: Monte Alto, Tabapuan, Ariranha e Palmares. Lei Estadual no 1603, de 20 de dezembro de 1918, desmembra do Município de Monte Alto o Distrito de Ariranha. Lei Estadual no 1662, de 27 de novembro de 1919, desmembra do Município de Monte Alto o Distrito de Tabapuã. Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o Município de Monte Alto se compõe de 5 Distritos: Monte Alto, Aparecida do Monte Alto, Fernando Prestes, Palmares e Vista Alegre. Decreto-Lei Estadual no 7029, de 25 de março de 1935, transfere o Distrito de Palmares para o Município de Catanduva. Decreto no 7354, de 05 de julho de 1935, desmembra do Município de Monte Alto o Distrito de Fernando Prestes. Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, bem como no quadro anexo ao Decreto-lei Estadual nº 9073, de 31 de março de 1938, o Município de Monte Alto compreende o único termo judiciário da comarca de Monte Alto e se divide em 3 Distritos: Monte Alto, Aparecida de Monte Alto e Vista Alegre. Pelo Decreto Estadual nº 9775, de 30 de novembro de 1938, o Município de Monte Alto, parte do território do extinto Distrito de Ibitirama, do Município de Jaboticabal; e o Distrito de Monte Alto, adquiriu parte do território do extinto Distrito de Ibitirama, do Município de Jaboticabal - bem como o território do extinto Distrito de Aparecida do Monte Alto, do mesmo Município de Monte Alto que passou a constituir uma de suas zonas. Em 1939-1943, o Município de Monte Alto é composto dos Distritos de Monte Alto e Vista Alegre do Alto (Ex-Vista Alegre) e Aparecida de Monte Alto, e é termo único da comarca de Monte Alto, termo formado por 2 Municípios: Monte Alto e Pirangi. Pelo citado Decreto nº 9775, que fixou o quadro para 1939-1943, o Distrito de Monte Alto é sub­dividido em 2 zonas, denominadas: a 1ª. Monte Alto e a 2ª. Aparecida do Monte Alto, sendo esta sub­divisão em zonas confirmada pelo Decreto nº. 10072, de 24 de março de 1939. Em virtude do Decreto-lei Estadual nº 14334, de 30 de novembro de 1944, que fixou o quadro territorial para vigorar em 1945-1948, o Município de Monte Alto ficou composto dos Distritos de Monte Alto, Montesina e Vista Alegre do Alto, e constitui o único termo judiciário da comarca de Monte Alto, a qual é formada pelos Municípios de Monte Alto e Pirangi. Aparece no quadro territorial fixado pela Lei nº 233, de 24-XII-1948, para 1949-1953, composto dos Distritos de Monte Alto, Aparecida do Monte Alto (Ex-Montesina) e Vista Alegre do Alto, comarca de Monte Alto, assim figurando no fixado pela Lei nº 2456, de 30-XII-1953, para vigorar em 1954-1958. Lei Estadual no 5285, de 18 de fevereiro de 1959, cria o Distrito de Vista Alegre do Alto e extingüe o Distrito de Monte Aparecida do Monte Alto. Em divisão territorial datada de 01-VII-1960 o Município de Monte Alto é formado apenas do Distrito Sede. Lei no 4954, de 27 de dezembro de 1985, cria novamente o Distrito de Aparecida do Monte Alto, e incorpora ao município de Monte Alto. Em divisão territorial datada de 01-VI-1995, o município é constituído de 2 Distritos: Monte Alto e Aparecida do Monte Alto. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15-VII-1999.