Container

Containers

Desenvolvidos para atender diversos segmentos como: construção civil e produtoras de eventos culturais, a locação de containers transformados e adaptados, designa infraestrutura móvel para atender as necessidades do mercado, com a melhor relação custo-benefício, durante o período desejado.

  • Container Sanitário
  • Container Escritório
  • Container Almoxarifado
  • Container Dormitório

Container Locação em Monte Alegre do Sul

MONTE ALEGRE DO SUL SÃO PAULO HISTÓRICO Por volta de 1873, diversas famílias oriundas de Amparo e de Bragança Paulista, fixaram-se às margens do rio Camanducaia, atraídos pela fertilidade das terras e qualidade das águas da região, onde, por iniciativa de Teodoro de Assis, foi erigida uma capela. O terreno foi doado por Lourenço de Godoy e, ao redor da capela do Senhor Bom Jesus, foram construídas as primeiras casas, pelo capitão José Inácio Teixeira. Com o passar dos anos, o povoado passou a ser conhecido como Bairro da Capelinha e, posteriormente, como Bairro dos Farias. Em 1887, quando foi elevado a Freguesia, o povoado adotou o nome de Bom Jesus de Monte Alegre, em homenagem ao Padroeiro e à topografia da região. Nessa época foram introduzidos na localidade, vários melhoramentos como instalação de sub-delegacia de polícia, escola municipal, agência postal, etc.Em 1890, a Companhia Mogiana de Estradas de Ferro, inaugurou uma parada em Monte Alegre, que veio propiciar maior desenvolvimento da região, atraindo novos moradores. Logo se estabeleceram os serviços de luz elétrica e telefone. Dada a existência de localidades homônimas, Monte Alegre, passou a designar-se Ibiti, sendo em 1948, mudado novamente, para Monte Alegre do Sul, acrescentando a palavra "do Sul", para diferenciá-­lo. Em 1964, reconhecida a qualidade de suas águas, foi elevada à categoria de Estância Hidromineral, denominação que recentemente foi mudada para Estância Turística. GENTÍLICO: MONTE-ALEGRENSE FORMAÇÃO ADMINISTRATIVA Distrito criado com a denominação de Bom Jesus do Monte Alegre do Sul, por Lei provincial nº 15, de 05 de março de 1887, no Município de Amparo. Em divisão administrativa do Brasil, referente ao ano de 1911, figura no Município de Amparo o Distrito de Monte Alegre do Sul. Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o Distrito denominado Monte Alegre do Sul permanece no Município de Amparo. Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, Monte Alegre do Sul é Distrito Judiciário e pertence ao Município de Amparo. No quadro anexo ao Decreto-lei Estadual nº 9073, de 31 de março de 1938, o Distrito de Monte Alegre do Sul permanece no Município de Amparo. No quadro fixado, pelo Decreto Estadual nº 9775, de 30 de novembro de 1938, para 1939-1943, o Distrito de Monte Alegre do Sul permanece no Município de Amparo. Pelo Decreto-lei Estadual nº 14334, de 30 de novembro de 1944, o Distrito de Monte Alegre do Sul passou a denominar-se Ibiti. Elevado à categoria de município com a denominação de Monte Alegre do Sul, por Lei Estadual nº 233, de 24 de dezembro de 1948, desmembrado de Amparo. Constituído do Distrito Sede. Sua instalação verificou-se no dia 31 de janeiro de 1949. Assim aparece na divisão fixada pela Lei Estadual nº 2456, de 30-XII-1953 para vigorar em 1954-1958. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 01-VII-1960. Lei Estadual nº 8092, de 28 de fevereiro de 1964, cria o Distrito de Mostardas e incorpora ao Município de Monte Alegre do Sul. Em divisão territorial datada de 01-VI-1995, o município é constituído de 2 Distritos: Monte Alegre do Sul e Mostardas. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15-VII-1999.